Buscar

Cuidados Importantes com as Patinhas de Cães e Gatos


O Verão está aí, e com ele, as altas temperaturas. Assim como acontece com as pessoas, cães e gatos também sofrem com as altas temperaturas no período do verão.


Importante: Se está quente para você, também vai estar para ele.

Neste post vamos falar um pouco sobre alguns cuidados que você pode ter, principalmente com as patas do seu animalzinho durante esses períodos mais quentes.


No caso dos cães, é recomendado que os passeios devam ser feitos em horários no qual o sol não esteja tão forte. Uma orientação importante para evitar o sol, e escolher um horário em que a temperatura esteja mais amena, por isso, considere levar o seu Pet para passear antes das 10h da manhã e após às 18h. O ideal também é oferecer a eles uma fonte de água a cada 15 ou 20 minutos para que possam se hidratar se manter ativos.


DICA: Caso esteja incerto sobre a temperatura do chão, sinta-o com o seus pés descalços. Caso a temperatura elevada queime o seu pé, é muito provável que também irá queimar a patinha do seu amigo.

Os gatos em geral exigem menos cuidados, porque não precisam ser levados para passear, porém, é preciso tomar cuidado, pois em temperaturas mais elevadas, os gatos precisam beber mais água, e uma dica muito importante é que a grande maioria dos gatos gostam de água corrente, então é imprescindível que você providencie uma fonte de água para o seu Pet. Desta forma, ele ficará mais hidratado e você evita problemas de saúde no futuro.


Conforme falamos acima, durante o verão, é preciso um cuidado redobrado com o seu cão, especialmente com suas almofadinhas.


Leia atentamente mais alguns cuidados que você deve ter com as patas do seu animal de estimação, em qualquer época do ano:


1. Queimaduras

Quando o cão passeia nas calçadas quentes, ele pode queimar suas patinhas, provocando bolhas que causam muita dor. O recomendável seria levá-lo para uma área de grama, um parque. Como falamos anteriormente, sempre verifique a temperatura do chão, pois se estiver quente pra você, também vai estar quente para ele, por isso, sempre verifique em dias mais quentes.


2. Patas ressecadas

Muitos cães de tanto andar nas ruas, ficam com as patas ressecadas e rachadas. No inverno com o tempo seco, os cães podem rachar e até sangrar as suas patas. Hidrate as patas do seu cão mas, procure não usar hidratantes humanos. Procure em veterinárias um hidratante especial para cães, ou alguns óleos naturais como o óleo de coco.


3. Espinhos

É importante observar as patinhas na volta do passeio e ver se existem espinhos na região da almofada das patinhas.


4. Limpeza das patinhas

Em alguns casos, os cães acabam pisando em resto de chiclete ou sujeira, que ficam grudado no meio das almofadas, às vezes é preciso cortar os pelos entre os dedos.


5. Massagem nas patinhas

Após o banho, faça uma massagem nas patinhas do seu filho de quatro patas, para relaxar

.

Dica:Às vezes quando nossos cães vão tosar em pets, eles passam a máquina por entre os dedos, e embaixo das patinhas para retirar o pelo. Peça para que não façam isso pois, os pelos por entre os dedos são a proteção das patinhas.

E-mail: ong.indefesos@gmail.com

Instagram: @osindefesos

Facebook: /osindefesos

Indefesos - Associação de Proteção Animal

CNPJ: 29.517.811/0001-46

  • Facebook Social Icon
  • Instagram ícone social